Exercícios sobre Regência Verbal e Nominal

Imagem: Google

1. Leia a frase transcrita a seguir para responder às questões propostas.


Escolha um trabalho que goste, e não terá que trabalhar nem um dia da sua vida.
                                                                                                                        Confúcio

a) No texto, observa-se uma inadequação no que se refere à regência verbal, tendo em vista a variante normativa da língua. Transcreva o trecho em que isso ocorre. 
b) Reescreva o trecho, adequando-o às normas da gramática normativa.
c) Elabore uma hipótese para explicar a ocorrência dessa inadequação. 
d) Explique o sentido geral do texto com base nos sentidos atribuídos aos termos "trabalho" e "trabalhar".

2. Compare estas duas frases e responda: qual das duas frases comunica a ideia de que o pai é mais acessível aos filhos? Justifique sua resposta. 

I. O pai sempre deve falar aos filhos.
II. O pai sempre deve falar com os filhos.

3. Leia com atenção a tira a seguir.


a) Qual é a regência dos verbos "preocupar-se", "preparar" e "pensar" na tira?

4. No primeiro quadro da tira a seguir, há um caso de regência verbal que não corresponde à variedade normativa.


a) Que desvio é esse?
b) Considerando o português brasileiro, bem como o contexto representado na tira, esse uso é inadequado? Justifique sua resposta.

5. Leia a tira a seguir e, na sequência, responda à questão proposta.


Tendo em vista a regência do verbo "ir", responda: a pergunta de Helga - "Aonde você vai?" - é adequada? Justifique sua resposta.

6. (ITA - SP) Leia com atenção a seguinte frase de um letreiro publicitário: "Esta é a escola que os pais confiam."

a) Identifique a preposição exigida pelo verbo e refaça a construção, obedecendo à norma gramatical.
b) Justifique a mudança no texto.

7. (Fuvest - SP) Observe este texto, criado para propaganda de embalagens:

Ao final do processo de reciclagem, aquele lixo de lata vira lata de luxo, embalando as bebidas que todo mundo gosta, das marcas que todo mundo pode confiar.

a) Reescreva, corrigindo-os, os segmentos do texto que apresentem algum desvio em relação à norma gramatical.
b) Transcreva do texto um trecho em que apareça um recurso de estilo que torne a mensagem mais expressiva. Explique em que consiste esse recurso. 

8. (UFSCar - SP) Na fala da mulher, substituindo "é mais barato" por "é preferível" e adequando a frase à norma culta, obtém-se:

a) É preferível comprar sapato toda semana a abastecer o carro.
b) É preferível comprar sapato toda semana do que abastecer o carro.
c) É preferível comprar sapato toda semana a que abastecer o carro.
d) É preferível comprar sapato toda semana de que abastecer o carro.
e) É preferível comprar sapato toda semana ante a abastecer o carro. 





Gabarito:

1.
a) "Escolha um trabalho que goste".
b) "Escolha um trabalho de que goste".
c) A regência tradicional do verbo "gostar" (com a preposição "de", já que é um verbo transitivo indireto) não é observada no texto porque ele é usado em oração subordinada adjetiva iniciada pelo pronome relativo "que". Quando esse tipo de construção ocorre, é comum os usuários da língua prescindirem do uso da preposição que estabelece a ligação entre o verbos e seus complementos.
d) No texto, o termo "trabalho" é usado com o sentido de "profissão", "ocupação", e o termo "trabalhar, como o sentido de "exercer atividade penosa, difícil, cansativa". Assim, a ideia do texto é a de que, se escolhermos uma profissão de que gostamos, exercê-la não será um sofrimento.

2. A frase 2, pois a preposição "com" exprime a ideia aproximação, e seu uso ligado ao verbo "falar" na frase sugere o sentido de maior proximidade do pai em relação aos filhos.

3. Na tira, o verbo "preocupar-se" é transitivo indireto e exige a preposição "em"; o verbo "preparar" é transitivo direto e indireto com dois complementos ("lasanha" e "para você") e "pensar" é transitivo direto (seu complemento não é ligado a ele por preposição).

4. 
a) O personagem diz "Queria ir num lugar agitado", em vez de "Queria ir a um lugar agitado". O verbo principal da locução verbal é "ir", o qual, pela norma gramatical é intransitivo.
b) Não. A regência verbal usada na tira reflete um uso comum no português brasileiro contemporâneo.

5. Sim. Com o verbo "ir" geralmente se usa nas a preposição "a" locuções adverbiais que acompanham o verbo. Ela deve combinar-se com o advérbio interrogativo "onde", resultando na forma "aonde".

6. 
a) A preposição exigida pelo verbo "confiar" é "em". A frase refeita é: "Esta é a escola em que os pais confiam" ou ainda: "Esta é a escola na qual os pais confiam".
b) O pronome relativo "que" vem antecedido pela preposição "em", pois ela é exigida pelo verbo "confiar".

7. 
a) "embalando as bebidas de que todo mundo gosta"; "das marcas em que todo mundo pode confiar."
b) Em "aquele lixo de lata vira lata de luxo", há ocorrência de trocadilho (jogo de palavras que aproximam termos que têm sons semelhantes, por meio do qual se cria uma antítese entre "lixo" e "luxo"). Esse recurso é usado para enfatizar a transformação que ocorre com a lata reciclada.

8. Alternativa a
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...