Debate sobre trabalho infantil | Vida Maria


Professor, converse com a turma:

1. O que a cena sugere sobre o espaço nela representado: ele é urbano ou rural? Que elementos permitem afirmar isso?

2. Que idade a personagem que aparece na cena aparenta ter?

3. Em sua opinião, que atividades uma criança nessa fase deveria fazer?

4. O que é mais provável: crianças com condições de vida parecidas com as da personagem terem ou não acesso a essas atividades? Por quê?

5. Que consequências isso pode ter?

6. Você acha que em regiões urbanizadas também existem crianças que trabalham?

> Após a discussão da imagem, apresente o curta metragem Vida Maria, de Márcio Ramos. Organize a sala de aula em grupos, oriente que cada grupo converse entre si, interpretando o vídeo, anotando as conclusões. Em seguida, cada grupo apresenta suas opiniões. Professor: faça a mediação, orientando, fazendo perguntas para que os estudantes consigam descobrir as respostas e compreender a mensagem do vídeo.


Esse filme é excelente para conscientizar os jovens de que eles não precisam repetir a história de seus antepassados, eles precisam renovar suas vidas. Remete-nos a pensar o que fazemos ou podemos fazer para contribuir na quebra de ciclos de "Marias" que se perpetuam pelo Brasil a fora, o país precisa de oportunidades e não de caridades.

Fonte: Portal Educação


Gabarito:

1. Rural. A presença de quintal em terra cercado por toras de madeira e a personagem  carregando uma lata com água.

2. A criança deve ter entre 8 e 9 anos. 

3. Resposta pessoal. Professor: questione a turma a respeito da importância do lazer, da escola, das brincadeiras e atividades físicas para essa faixa etária. Aproveite para comentar que justamente por serem fundamentais para a formação e o desenvolvimento da criança, atividades assim são hoje compreendidas como direitos essenciais no ECA.

4. Professor: ajude os alunos a perceberem que a personagem está ajudando no trabalho doméstico, realizando a dura tarefa de carregar uma lata com água, o que sugere condições de vida em que ficam prejudicados o lazer, as brincadeiras e até a escola.

5. Professor: acolha as hipóteses dos alunos e procure incentivar reflexões a respeito da saúde e do processo de desenvolvimento e socialização infantis, quando não há a vivência de direitos essenciais. 

6. Resposta pessoal. Incentive os alunos a argumentarem com exemplos de situações que tenham vivenciado ou observado. 



Referências: Singular e Plural - Editora Moderna, Portal Educação, Youtube
Imagem: Google
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...