Exercício sobre flexão do substantivo

Leia este poema, de Ferreira Gullar: 

Ocorrência 

Aí o homem sério entrou e disse: bom dia. 
Aí outro homem sério respondeu: bom dia. 
Aí a mulher séria respondeu: bom dia. 
Aí a menininha no chão respondeu: bom dia. 
Aí todos riram de uma vez 

Menos as duas cadeiras, a mesa, o jarro, as flores 
as paredes, o relógio, a lâmpada, o retrato, os livros 
o mata-borrão, os sapatos, as gravatas, as camisas, os lenços. 

(Melhores poemas de Ferreiro Gullar. 7. ed. Seleção 
de Alfredo Bosi. São Paulo: Global, 2004. p. 54.)

1. Os substantivos utilizados no poema ajudam na construção dos efeitos de sentido e do cenário em que a situação narrada ocorre. Levante hipóteses: 

a) Qual fato narrado fez com que todos rissem de uma vez? Por que esse fato é engraçado? 
b) Em que lugar se passa a cena? Justifique sua resposta com substantivos do texto. 
c) Por que não riram os seres nomeados do sexto verso em diante? 
d) Como se classificam os substantivos que nomeiam esses seres? 

2. Alguns substantivos têm uma forma para o masculino e outra para o feminino. 
a) Identifique no poema um par de substantivos com formas diferentes no masculino e no feminino. 
b) Como é formado o masculino do substantivo menina? 
c) Nos três últimos versos, identifique três substantivos masculinos e três substantivos femininos. 
d) Nesses substantivos, as terminações -a ou –o também podem ser associadas a gênero? 
e) Com base nas respostas às perguntas anteriores, conclua: Em português, existe um único modo de formar o feminino dos substantivos? 

3. No quarto verso, é empregado o substantivo menininha. 
a) Qual sentido o acréscimo do sufixo -inha confere ao substantivo menina? 
b) O acréscimo do sufixo -inha ao substantivo mulher produz a mesma alteração de sentido que 'em menina?


Gabarito:

1.
a) A menininha no chão ter respondido "bom dia", Porque tudo leva a crer que os adultos, sérios, ao dizer "bom dia", estavam se cumprimentando apenas para cumprir uma formalidade.
b) Em um cômodo de uma casa, provavelmente uma sala, que tem os itens enumerados nos últimos versos: cadeiras, mesa, jarro, flores, relógio, retrato, livros.
c) Porque são seres inanimados, sem vida.
d) Comuns, concretos, simples. 

2. 
a) Homem, mulher
b) Por meio da troca da última vogal, -a, pela vogal –o.
c) Femininos: cadeiras, mesa, flores. Masculinos: jarro, relógio, retrato. 
d) Não. 
e) Não. 

3.
a) O sufixo –inha forma o diminutivo, indicando que se trata de uma menina pequena. Também é possível considerar que menininha seja uma forma afetiva de se referir a uma menina.
b) Não. O acréscimo do sufixo –inha ao substantivo mulher resulta em mulherzinha, palavra que tem sentido pejorativo. 



Referência: Português Linguagens – Editora Saraiva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...