Atividades de interpretação de texto para 6ºano

1. Patativa do Assaré (cujo nome de batismo era Antônio Gonçalves da Silva) foi um consagrado poeta da literatura oral nordestina. No trecho a seguir, ele conta um episódio que viveu em sua terra natal, a cidade cearense de Assaré. 

A cerca 

Olhe, eu tinha minha cerca lá perto da minha casa na Serra de Santana. Começaram a roubar as varas da cerca para cozinhar em panela, viu? Aí eu perguntava e todo mundo dizia: não, eu não fui, eu não fui. E eu, sabendo que o matuto tem muito medo de praga, e achando que rogando praga pega, aí eu perdoei a todos quanto tivesse tirado até aquele dia e roguei praga a quem tirasse daquele dia em diante, botei num papel e botei lá na cerca.  Aquele que sabia ler, era aquela roda, um lendo e aí melhorou, não buliram mais não. [...] 

ASSARÉ, Patativa do. Digo e não peço segredo. 
São Paulo: Escrituras, 2001. p. 67. (Fragmento).

a) Com que finalidade as varas da cerca eram roubadas? 
b) A que "roda" o autor se refere na última frase do fragmento? 
c) Explique como, nesse episódio, o autor conseguiu mudar uma situação utilizando apenas a linguagem. 

2. Leia a piada a seguir, que foi publicada no livro As melhores piadas do humor judaico, em um capítulo intitulado "Esperteza". 

Na loja  de tecidos 

— Quanto custa o metro deste algodão? —
pergunta Jacó. 
— Estamos em promoção — diz o vendedor, pegando a bobina do tecido—, quanto mais o senhor levar, mais barato fica. 
— Então, vai desenrolando até ficar de graça. 

ZYLBERSZTAJN. Abram. As melhores piadas do humor judaico. 
Rio de Janeiro: Garamond, 2003. p. 16. v. 2. 

a) Qual era a intenção do vendedor? 
b) Que argumento ele usou para tentar alcançar a sua intenção? 
c) Qual sentido Jacó quis atribuir ao que o vendedor disse? 
d) Explique por que a piada foi incluída em um capítulo chamado "Esperteza". 
e) E qual a intenção do autor desse texto ao criar essa situação? 

3. Leia esta tira de Chico Bento, em que ele conversa com o amigo Zé Lelé. 


a) O que Zé Lelé quis dizer com sua fala no primeiro quadrinho? 
b) E qual foi o sentido que Chico Bento atribuiu à fala do primo? 
c) Podemos dizer que o humor dessa tira é baseado em um mal-entendido entre as personagens? Por quê? 

4. Leia a história em quadrinhos.

Clique na imagem para ampliar.
a) Quando o pai falou sobre a importância de pinturas e esculturas, quais foram os argumentos usados pelo menino para expor sua opinião? 
b) O que o menino esperava com essa conversa? 

5. Pela observação das palavras destacadas na história em quadrinhos, diga que adjetivos foram usados nas comparações. 


Gabarito:


1.
a) Espera-se que os alunos deduzam que usavam a vara como lenha, para "cozinhar em panela", como o poeta diz. 
b) À roda que se formava em torno de quem sabia ler e que lia o papel com a praga para os outros, os analfabetos. 
c) Lançando mão apenas da linguagem, ele conseguiu influenciar as pessoas do lugar onde vivia e resolver seu problema (o roubo das varas da cerca). Para tanto, ele escreveu uma praga contra quem roubava varas em um papel, e colocou esse papel na cerca; as pessoas liam a praga e, como acreditavam que ela podia se realizar, ficaram com medo e pararam de roubar as varas. 

2.
a) A intenção era de vender mais, de fazer com que o comprador comprasse bastante tecido. 
b) Ele disse que quanto maior a quantidade comprada, mais baixo ficaria o preço do metro. 
c) Ele aproveitou o discurso do vendedor para tentar levar vantagem, dizendo que se, quanto mais ele levasse, mais barato ficaria, então ele levaria tudo para ficar de graça. 
d) Porque Jacó demonstrou esperteza ao tentar utilizar a seu favor o discurso do vendedor. 
e) A intenção do autor é provocar o riso. 

3.
a) Ele quis dizer que, se Chico Bento ficasse rico como médico veterinário, não deveria se esquecer dele, ou seja, deveria continuar sendo seu amigo, convidando-o para passeios, festas, etc., ou mesmo lhe dando presentes e ajudas financeiras. 
b) Chico Bento entendeu que o amigo queria ser atendido gratuitamente em seu consultório veterinário. Professor: aproveite para comentar que a intenção de humor da tira é construída com base nessa ideia; em outras palavras, a graça da tira estaria no fato de Chico chamar o amigo de animal, de bicho. 
c) Sim, porque a intenção de fazer rir está no fato de que Zé Lelé pretendia uma coisa com sua pergunta, e seu interlocutor, Chico Bento, não entendeu essa intenção, atribuindo um sentido bem diferente à pergunta do amigo. 

4.
a) Ele disse que pintar paredes é mais interessante que desenhar no papel e que fazer esculturas era menos interessante que pintar paredes.
b) Convencer o pai a não brigar com ele quando visse suas pinturas na parede.

5. Os adjetivos interessante e importante.



Referência: Coleção Porta Aberta - Língua Portuguesa (Editora FTD); Singular & Plural (Editora Moderna)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...