Exercícios sobre o Barroco brasileiro - Gregório de Matos


Atividade de literatura - 1º ano do ensino médio (Barroco) Gregório de Matos

1. Quanto à literatura barroca, não é correto afirmar que expressa: 

a) um momento de revigoramento da doutrina católica. 
b) a tensão permanente entre os apelos dos sentidos e da razão. 
c) a tensão espiritual do homem pós-renascentista. 
d) a busca pelo equilíbrio e harmonia de formas. 
e) a angústia humana diante da passagem do tempo. 
f) o gosto pelo excesso de detalhes, suntuosidade e pela exuberância de formas. 

2. Leia o soneto de Gregório de Matos.

Meu Deus, que estais pendente de um madeiro, 
Em cuja lei protesto de viver, 
Em cuja santa lei hei de morrer 
Animoso, constante, firme e inteiro: 

Neste lance, por ser o derradeiro, 
Pois vejo a minha vida anoitecer, 
É, meu Jesus, a hora de se ver 
A brandura de um Pai, manso Cordeiro. 

Mui grande é vosso amor e o meu delito; 
Porém pode ter fim todo o pecar, 
E não o vosso amor, que é infinito. 
Esta razão me obriga a confiar, 

Que, por mais que pequei, neste conflito 
Espero em vosso amor de me salvar. 

Gregório de Matos. Poemas escolhidos 
(seleção, introdução e notas José Miguel Wisnik). São Paulo: Cultrix, 1981 p. 298 . 

Analise as afirmações a seguir. 

I. Como manifesta sinceramente o seu arrependimento, o eu lírico crê que obterá o perdão divino. 
II. O soneto apresenta uma reflexão sobre a tendência natural humana para o pecado. 
III. O eu lírico crê na absolvição dos seus pecados, porque o amor divino é brando e infinito. 

Estão corretas as afirmações: 

a) I.
b) II.  
c) III.
d) I e II. 
e) II e III.

Leia os versos abaixo e responda às questões 3 e 4. 

Discreta, e formosíssima Maria, 
Enquanto estamos vendo a qualquer hora 
Em tuas faces a rosada Aurora, 
Em teus olhos, e boca o Sol, e o dia: 

Enquanto com gentil descortesia 
O ar, que fresco Adônis te namora, 
Te espalha a rica trança voadora, 
Quando vem passear-te pela fria: 

Goza, goza da flor da mocidade, 
Que o tempo trota a toda ligeireza, 
E imprime em toda a flor sua pisada. 

Oh não aguardes, que a madura idade, 
Te converta em flor, essa beleza, 
Em terra, em cinza, em pó, em sombra, em nada. 

Gregório de Matos. Poemas escolhidos (seleção, introdução e notas José Miguel Wisnik). São Paulo: Cultrix, 1981, p. 319. 

3. Identifique a alternativa incorreta em relação aos versos de Gregório de Matos. 

a) A mulher tem consciência de que é necessário aproveitar os prazeres que só a mocidade oferece. 
b) O rosto da mulher é retratado por meio de cores suaves e claras que sugerem uma fisionomia plácida de beleza harmoniosa. 
c) O eu lírico tem consciência de que a beleza extraordinária da mulher está sujeita às transformações que o tempo sempre provoca. 
d) Os versos apresentam um belo rosto de mulher que parece espelhar os elementos grandiosos da natureza. 

4. Sobre o soneto de Gregório de Matos, identifique a alternativa incorreta

a) O eu lírico celebra a beleza da amada e a estimula a desfrutar dos prazeres terrenos. 
b) Nas duas primeiras estrofes, o soneto apresenta apelos visuais e sugestões de movimento. 
c) O eu lírico tem consciência de que a vida terrena é marcada pelas contradições e instabilidades. 
d) A referência à mitologia clássica (deus Adônis) revela que se trata de um soneto mais típico do estilo quinhentista que do estilo barroco. 
e) A gradação presente no último verso pode ser associada a uma angústia marcante do estilo barroco, que se deve à constatação de que tudo é efêmero.

Gabarito: 1D | 2E | 3A | 4D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...