O navio negreiro (atividade de interpretação)


O navio negreiro 

[...] Era um sonho dantesco... o tombadilho
Que das luzernas avermelha o brilho,
Em sangue a se banhar.
Tinir de ferros... estalar do açoite ...
Legiões de homens negros como a noite,
Horrendos a dançar...

Negras mulheres, suspendendo às tetas
Magras crianças, cujas bocas pretas
Rega o sangue das mães:
Outras, moças... mas nuas, espantadas,
No turbilhão de espectros arrastadas,
Em ânsia e mágoa vãs.

[...] Presa nos elos de uma só cadeia,
A multidão faminta cambaleia,
E chora e dança ali!

Um de raiva delira, outro enlouquece...
Outro, que de martírios embrutece,
Cantando, geme e ri!

No entanto o capitão manda a manobra
E após, fitando o céu que se desdobra
Tão puro sobre o mar,
Diz do fumo entre os densos nevoeiros:
"Vibrai rijo o chicote, marinheiros!
Fazei-os mais dançar!... "

E ri-se a orquestra irônica, estridente...
E da roda fantástica a serpente
Faz doudas espirais!
Qual num sonho dantesco as sombras voam...
Gritos, ais, maldições, preces ressoam!
E ri-se Satanás!...

Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura... se é verdade
Tanto horror perante os céus... [...]

Castro Alves. Obra completa. Rio de Janeiro: 
Nova Aguilar, 1976, p. 280-281.

Glossário

dantesco: relativo aos suplícios infernais descritos pelo poeta Dante Alighieri, em A divina comédia
tombadilho: estrutura erguida na popa de um navio
luzernas: clarões
açoite: chicote
espectros: fantasmas

1. O poema de Castro Alves busca emocionar, ressaltando a terrível situação a que estavam submetidos os escravos. Indique ao menos três aspectos da cena descrita que colaboram para provocar piedade no leitor. 

2. A ironia é um dos recursos empregados no poema para enfatizar o cruel tratamento dispensado aos escravos. Por que se pode afirmar que o verbo dançar foi empregado na primeira estrofe com sentido irônico? 

3. Em que momento se revela a indignação do eu lírico em relação à condição dos escravos? 

4. Transcreva da primeira estrofe uma hipérbole, figura de linguagem frequentemente empregada pelos poetas condoreiros.

Características do estilo de época Romantismo

Gabarito

1. Os ferimentos causados pelo açoite, a magreza das crianças, a nudez das mulheres, a fome que os escravos sentiam são alguns dos aspectos que podem causar piedade no leitor. 

2. No contexto do poema, o verbo dançar não indica propriamente uma dança, algo festivo, mas os movimentos que os escravos faziam ao ser brutalmente açoitados. 

3. Na última estrofe, o eu lírico revela sua indignação e incredulidade em relação às brutalidades infligidas aos escravos.

4. "[o tombadilho] Em sangue a se banhar" ou "Legiões de homens negros como a noite" 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...