Atividades de português para 5ºano com poema

Leia este poema. 

Fogão a lenha 

Toda casinha de roça 
Feita de taipa 
E palhoça no telhado 
Tem um cantinho sagrado. 

Lugar onde tacho de cobre, 
Panela de ferro e frigideira 
Trabalham sem descanso. 
Às vezes, quase o mesmo tanto 
De uma vida inteira. 

Lugar de galinhada, feijão-tropeiro, 
Torresminho, arroz com suã. 
Bolinho de chuva, tapioca, canjica, 
E, no teto, um bocadinho de picumã. 

Lalau e Laurabeatriz. Caminho da roça. São Paulo: Scipione, 2012. p. 15. 


Picumã: pó negro resultante da queima de um combustível; fuligem. 
Suã: carne da parte inferior do lombo do porco; assuã. 
Taipa: parede feita de barro e pedaços de madeira, varas ou bambus; pau a pique.


1. Qual é o tema ou assunto principal do poema? 

2. Segundo o poema, toda casa de roça tem um cantinho sagrado. Qual é o cantinho sagrado a que o poema se refere? 
a) Por que esse cantinho é sagrado? 
b) Na sua casa existe algum cantinho sagrado? Por que é considerado assim? 

3. No poema, quem trabalha sem descanso? 

4. Quais alimentos são citados no poema? 
a) Você já comeu algum desses alimentos? Qual ou quais?
b) O que mais alguém poderia cozinhar no fogão a lenha?

Vamos relembrar?

Verso: cada uma das linhas de um poema.
Estrofe: conjunto de versos. Entre as estrofes há um espaço maior do que entre os versos.

5. Quantas estrofes esse poema tem? E quantos versos?

6. Circule em cada estrofe as palavras que rimam.

7. Leia este poema e responda as próximas questões. 

Rio solicita 

A quem se distraiu 
E perdeu um sofá, 
Que, por gentileza, 
o venha retirar. 
Está em sua margem esquerda, 
Enroscado no que sobrou 
Do frondoso pé de ingá. 
De brinde, pode levar 
Todas as outras desumanidades 
Que estão por lá. 

João Proteti. Classificados desclassificados. Campinas: Papirus, 2011. p. 22-23. 

a) De acordo com o poema, como o sofá foi parar no rio? 
b) Qual é a solicitação do poeta? 
c) Você acha que é possível alguém se distrair e perder um sofá? 
d) O poeta oferece como "brinde" a quem retirar o sofá do rio todas as outras desumanidades que lá se encontram. A que desumanidades ele se refere? 
e) Na sua opinião, qual foi a intenção do poeta ao criar um poema sobre esse assunto?

8. Leia o trecho de uma notícia e responda às questões. 

Faxina retira 8,5 toneladas de lixo em dois dias e até sofá do rio Piracicaba 

Equipes da Prefeitura aproveitam a baixa vazão para limpar o manancial. Trabalho visa conscientizar população a não descartar resíduos no local. 

Equipes de limpeza da Prefeitura de Piracicaba (SP) aproveitam o período de estiagem e a consequente baixa vazão do rio que dá nome e atravessa a cidade para recolher materiais e lixo jogados irregularmente no leito do manancial. 
Em apenas dois dias de trabalho [...] foram recolhidas 8,5 toneladas de resíduos. E entre os itens, há de tudo: de garrafas PET a pneus velhos, pedaços de móveis e até um sofá. [...] 

Disponível em: http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2013/09/faxina-retira-85-toneladas-de-lixo-em-dois-dias-e-ate-sofa-do-rio-piracicaba.html 

Baixa vazão: momento em que o rio está com menor volume de água. 
Manancial: nascente. 

a) Na sua opinião, um fato como esse ajudou o poeta a criar o poema Rio solicita? Por quê? 
b) Quais são as consequências do lixo que vai parar nos rios? O que fazer para que isso não aconteça?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...