Gabarito infância perdida


1. 
a) “Vou fazer um apelo. É o caso de um menino desaparecido.”
b) A identificação da pessoa desaparecida, seguida da descrição dela, incluindo-se: vestuário e traços físicos e psicológicos. 

2.
a) Tem 11 anos, 30 quilos, é brasileiro, olhos pretos de tamanho desproporcional ao tamanho do rosto.
b) Estava descalço, usava roupas de segunda mão, calças curtas de caróa, suspensórios de elástico, camisa branca, boné. 
c) Tinha uma pipa na mão.
d) Era um menino pobre.

3.
a) 
árvore, estilingue, pássaro preto, pipa, bola.
o amor pela professora não correspondido.
a ideia de que o mundo pode ser um lugar de sofrimento ou um lugar de prazeres (inferno ou badalação). 

b) Dom quixote. 

4. Trata-se de uma visão de infância marcada pela carência, “desaparecida” tanto no espaço quanto na visão das autoridades e das famílias, responsáveis pelo bem-estar das crianças. 

5. 
a) O tema do texto é a pouca atenção que se dá á infância no Brasil, pois há no país grande número de crianças pobres, desnutridas, se escola e sem receber os cuidados necessários. 

b) 
- (Primeiro trecho) O paralelismo de termos quantificáveis (anos, quilos) é quebrado por um termo não quantificável: brasileiro.

-  (Segundo trecho) Não é possível alguém ter uma idade diferente da que tem na realidade.

- (Terceiro trecho) Inversão de expectativa: a ideia de a pipa empinar o menino, e não o inverso. 

6.
a) A de que o menino procurado é o menino que o narrador do texto foi um dia e que ele perdeu.
b) O menino se perdeu no tempo, mas ficou no passado do narrador.

7.
a) Sugerimos abrir uma discussão com a classe. Entre outras possibilidades, parece que a infância sofrida foi a base de tudo oque o narrador se tornou. Reencontrar-se com o passado é uma forma de reafirmar seus próprios caminhos e confirmar sua identidade. 
b) Ele pode representar um desaparecimento no sentido figurado, pois o menino pode ter desaparecido dentro do adulto que o narrador se tornou.

8. A finalidade de fazer uma crítica ao descaso com que as crianças são tratadas por certas famílias e pelas autoridades. 



Referência: Português - Linguagens (Editora Saraiva)
Imagem: Google
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...