Fábula para 5ºano - Escreva uma moral para a história

O galo e a raposa.  

A raposa perambulava pelos campos à procura de algo para mastigar quando avistou, no galho mais alto de um carvalho, um magnífico galo, o almoço mais saboroso que uma raposa podia desejar. Mas o galho era tão alto... 
— Meu amigo — disse a raposa com voz doce — já soube da novidade? Foi assinada a paz universal entre os animais; então, a partir de hoje, somos todos irmãos. Desça já daí e venha cá dar-me um abraço. Mas ande logo, ainda tenho que levar a boa notícia para todas as partes do mundo. 
O galo esperto não caiu naquela conversa. 
— Fico feliz em saber que, finalmente, haverá paz entre nós, comadre raposa; vou descer com prazer para abraçá-la, mas, para que a cerimônia fique mais solene, por que não esperamos que chegue aquele belo cão de caça que estou vendo correr em nossa direção? Já está quase chegando aqui. 
— Dê lembranças minhas... — grunhiu a raposa entre os dentes — Não vai dar para esperar por ele, tenho um longo caminho pela frente e um montão de animais para avisar... Amanhã de manhã passarei outra vez. 
 E... pernas pra que te quero, enquanto o galo se congratulava consigo mesmo por não ter caído no logro.

As mais belas fábulas de La Fontaine. São Paulo: Paulinas, 2001


Glossário

Congratular-se: ficar feliz com o sucesso próprio ou de outra pessoa.
Logro: ato para enganar alguém de propósito.
Solene: importante, que se celebra com festa.


1. No início da história, a raposa perambulava pelos campos. Qual é o significado da palavra perambular? 
a) Andar sem destino certo.
b) Andar muito depressa.

2. Releia o primeiro parágrafo e grife a característica do galo. De que maneira essa descrição do galo é importante para o desenvolvimento da história? 

3. A raposa dirigiu-se ao galo com voz doce. O que isso significa? Qual era seu objetivo ao falar desse modo?

4. O galo não caiu na conversa da raposa. O que ele inventou para não descer do galho naquele momento? Qual foi a reação da raposa? 

5. Escreva uma moral para a história que você acabou de ler. Troque ideias com um colega.  


Gabarito

1.  Alternativa A.

2. A beleza do galo despertou na raposa a vontade de abocanhá-lo. Como ele estava em um galho muito alto, ela inventou a paz entre os animais para convencê-lo a descer da árvore.

3. Falar com a voz doce é falar de forma agradável, carinhosa, mansa. A raposa, com essa voz, tentava convencer o galo de que estava falando a verdade.

4. Ele sugeriu que esperassem a chegada de um cão de caça que estava se aproximando. Seu objetivo era amedrontar a raposa e fazê-la sair dali. 
Ela inventou uma desculpa e saiu logo de onde estava.

5. Resposta pessoal. Sugestões: Para sobreviver na floresta é preciso ser esperto; Desconfie do inimigo que agora se diz amigo; É preciso estar atento para perceber as verdadeiras intenções de quem se diz amigo depois de tanto tempo de inimizade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...