sexta-feira, 3 de junho de 2016

Ambiguidade como recurso expressivo

Dizemos que um enunciado apresenta ambiguidade quando é possível atribuir a ele mais de um sentido, mais de uma interpretação. 
A ambiguidade de um enunciado pode ser uma qualidade ou um defeito em um texto. Na poesia, nos anúncios publicitários, nas histórias de humor, nas brincadeiras entre amigos, nas piadas, o duplo sentido é criado de propósito, como um recurso para tornar a mensagem mais interessante, mais expressiva. Em outros casos, porém, a ambiguidade resulta da falta de cuidado ou de habilidade de quem fala (ou escreve) e, nesse caso, é, evidentemente, um elemento prejudicial à clareza e à qualidade do texto. 

A ambiguidade como recurso expressivo 

O exemplo a seguir mostra como a ambiguidade pode ser um recurso fundamental para a expressividade e para os objetivos do texto. 




Referência: Novas Palavras - Editora FTD
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...