Exercícios sobre paralelismo


1.  Leia o texto.

Por que o mar Morto tem esse nome? 
ANDRÉ LUIZ, POR E-MAIL, E RAPHAEL JOSÉ DIVINO ARAÚJO, ITURAMA, MG 

Porque o excesso de sal nas suas águas torna a vida praticamente impossível por ali. 
Com exceção da bactéria Haloarcula marismortui, que consegue filtrar os sais e sobreviver nesse cemitério marítimo, todos os organismos que chegam ao mar Morto morrem rapidamente. Outra característica curiosa é que ninguém consegue afundar nas suas águas, graças novamente à alta concentração salina, que o torna muito mais denso do que o corpo humano. Os oceanos têm uma média de 35 gramas de sal por litro de água, enquanto o mar Morto tem quase 300 gramas. Isso se deve basicamente a sua localização - na divisa entre Israel e Jordânia. A região é quente e seca, o que acelera a evaporação e impede a reposição da água pela chuva - em um ano chove tanto quanto um dia chuvoso em São Paulo. Além disso, o mar Morto é o local mais baixo do planeta: alguns pontos ficam a mais de 400 metros abaixo do nível dos oceanos. Isso significa que grande parte das partículas que se soltam dos terrenos a sua volta escoa em sua direção. Para piorar, o rio Jordão, que ajuda a alimentá-lo, foi desviado em várias partes para irrigar plantações. Ou seja, com o perdão do trocadilho, o mar Morto está morrendo. O diretor do Instituto Geológico Israelense, Amos Bein, garante que ele não corre risco de secar completamente, mas, por via das dúvidas, já está em fase de planejamento o "Canal da Paz", um aqueduto de mais de 80 quilômetros que puxaria água do mar Vermelho para salvar esse "defunto". 

ARTUR LOUBACK LOPES (Mundo Estranho, nº42)

O texto apresenta paralelismo em dois trechos. No trecho "Os oceanos têm uma média de 35 gramas de sal por litro de água, enquanto o mar Morto tem quase 300 gramas", a expressão enquanto aproxima ideias opostas ou divergentes. No trecho "em um ano chove tanto quanto um dia chuvoso em São Paulo", a expressão tanto quanto dá ideia de comparação. 
Reescreva as frases que seguem, criando paralelismos por meio do uso de expressões como enquanto, ao passo que, por um lado...por outro, tanto...quanto, seja...seja, quer... quer, nem... nem, ou...ou, ou outros. 
 
a) Não sabe aonde vai no sábado: gosta muito de cinema e é apaixonado por teatro. 
b) Eles nunca se entendem: ele é vegetariano e ela adora um bom churrasco. 
c) A leitura é indispensável na formação da criança e no alargamento da visão de mundo do adulto. 
d) Ele é um ótimo aluno: sabe falar e sabe escrever muito bem.
e) Não toma leite, não come pão ou massas, não come verduras, frutas e legumes. 
f) Escolha: viajar de ônibus para Porto Alegre, viajar de avião para Curitiba. 
g) Eu me contento com o que nascer: homem, mulher.  

2. Em quais das frases a seguir o paralelismo entre as formas verbais está de acordo com a norma-padrão formal da língua? 

a) Se você viajar hoje à noite, podia descansar mais amanhã.
b) Se você viajar hoje à noite, poderá descansar mais amanhã. 
c) Se você viajasse hoje à noite, poderia descansar mais amanhã. 
d) Caso você viaja hoje à noite, poderia descansar mais amanhã.

3. Leia o texto, observando a ocorrência de paralelismo:

A miopia não depende apenas do formato da córnea, a parte geralmente retirada nas doações, mas principalmente do comprimento do olho. 

(Superinteressante, nº 112.) 

O paralelismo no texto foi construído a partir do uso da expressão não apenas... mas principalmente. Por que, na sua opinião, o autor preferiu empregar principalmente, em vez de também? 

4. Em textos literários, a quebra de paralelismo semântico pode ser intencional. Explique a quebra de paralelismo nos seguintes trechos de Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. 

a) "Gastei trinta dias para ir do Rocio Grande ao coração de Marcela." 
b) "Marcela amou-me durante quinze dias e onze contos de réis." 

5. A fim de estabelecer paralelismos com base em palavras e orações, complete adequadamente as frases:

a) Sonhava com um ano próspero e _______________________.
b) Esperto, desejava um trabalho que fosse fácil e ________________________.
c) Não prestou atenção na pergunta porque não se interessou e _____________________.
d) Nosso futuro depende em parte de nossa vontade e, em parte, ________________________.
e) O pintor esboça o retrato da atriz com segurança e _________________________.
f) É certo que ele virá e _______________________. 
g) Não prestou atenção na pergunta não só por não se interessar, mas também ________________. 

6. Identifique o tipo de paralelismo semântico predominante nos seguintes textos.  

a) O transatlântico europeu está sem comando e continua navegando. Sua tripulação, falando línguas diferentes, não sai do cassino e ganha fortunas em pouco tempo. Enquanto isso, os viajantes de segunda classe lutam para não cair no mar. 

b) "Se os olhos veem com amor, o corvo é branco; se com ódio, o cisne é negro; se com amor, o demônio é formoso; se com ódio, o anjo é feio; se com amor, o pigmeu é gigante." 
(Pe. Antônio Vieira) 

c) Quatro funções básicas têm sido convencionalmente atribuídas aos meios de comunicação de massa: informar, divertir, persuadir e ensinar. 

d) Observando a população que caminha pelas grandes cidades, vemos a diversidade de povos: os descendentes de africanos, os filhos de orientais, os ameríndios, a minoria branca. 

e) O malefício da poluição ambiental para a saúde humana é diariamente denunciado pelos meios de comunicação. Ambientalistas e profissionais ligados à área da saúde apresentam-se em mesas redondas via televisão, publicam depoimentos nos jornais, abrem discussões por meio da Internet, enfim, procuram prevenir as autoridades sobre o alto custo, em saúde, pago pela população por viver em meio à poluição. 


Gabarito:

1.
a) ...por um lado, gosta muito de cinema, por outro, é apaixonado por teatro.
b)  ...ele é vegetariano, enquanto ela adora um bom churrasco. 
c) ...indispensável, quer na formação da criança, quer no alargamento da visão de mundo do adulto.
d) ...não só fala, mas também escreve muito bem.
e) Não toma leite nem come pão ou massas, nem come verduras, frutas e legume.
f) Escolha: ou viajar de ônibus para Porto Alegre ou viajar de avião para Curitiba. 
g) ...nascer: seja homem, seja mulher.

2. As frases B e C.

3. Porque se empregasse também, passaria a ideia de que o comprimento do olho é apenas mais um dos fatores responsáveis pela miopia. Com principalmente, o autor dá a entender que esse é um dos fatores determinantes da miopia. 

4. Sugestões

a) A referência geográfica a um bairro (Rocio Grande), faz esperar, por associação lógica, outra referência geográfica, que não ocorre, pois “o coração de Marcela” não é um acidente geográfico. 

b) A referência ao tempo de duração do amor faz esperar outra referência a tempo (horas, minutos), eu não ocorre, pois valor em dinheiro não indica tempo. Perceba que a intenção do autor, ao sugerir um relacionamento amoroso associado a interesse econômico, é provocar humor e crítica. 

5.
a) Feliz.
b) Que pagasse bem.
c) Por que tinha sono.
d) Do nosso governo.
e) Com rapidez.
f) Que jogará em nosso time.
g) Por ter sono.

6.
a) Comparação.
b) Oposição.
c) Enumeração.
d) Exemplificação.
e) Desenvolvimento. 




Referência: Português - Linguagens (Editora Saraiva)
Imagem: Google
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...