Exercícios sobre Modernismo (segunda fase)



Mãos dadas 
Carlos Drummond de Andrade

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,
não fugirei para as ilhas, nem serei raptado por serafins.
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente.

(ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1973. p. 111.) 

Taciturno: silencioso, calado, triste. 

1. Qual é o tema do poema? 

2. "Mãos dadas" é um poema de natureza metalinguística. Justifique essa afirmativa citando versos do versos do poema,

3. Releia os versos a seguir e explique que tipo de compromisso eles expressam. 

"[...] olho meus companheiros." 
"Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas."

4. Explique o título do poema: "Mãos dadas"

5. Explique o que o eu lírico expressa nos versos a seguir: 

"Não serei o poeta de um mundo caduco. 
Também não cantarei o mundo futuro." 
"Não serei o cantor de uma mulher, de uma história, 
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela, 
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida, 
não fugirei para as ilhas, nem serei raptado por serafins." 

Solidariedade 
Murilo Mendes 

Sou ligado pela herança do espírito e do sangue 
Ao mártir, ao assassino, ao anarquista, 
Sou ligado 
Aos casais na terra e no ar, 
Ao vendeiro da esquina, 
Ao padre, ao mendigo, à mulher da vida, 
Ao mecânico, ao poeta, ao soldado, 
Ao santo e ao demônio, 
Construídos à minha imagem e semelhança. 

(MENDES, Munlo. O visionário. São Paulo: Roswitha Kempf, [s.d.]. p. 32.) 


6. Identifique a afirmação incorreta e explique-a. 

a) O eu lírico reconhece a diversidade do ser humano. 
b) O eu lírico revela uma visão maniqueísta: dicotomia entre o bem e o mal. 
c) O eu lírico reconhece em si traços da diversidade humana. 
d) O eu lírico faz referência aos lados espiritual e material do ser humano. 
e) O eu lírico tem consciência de sua ambivalência. 

7. Com relação ao tema, que semelhanças e/ou diferenças existem entre esse poema e o poema "Mãos dadas", de Drummond? 

8. Explique o uso das seguintes antíteses no poema: espírito x sangue ; terra x ar; santo x demônio.

9. Com relação à estética e à sintaxe, que semelhanças e/ou diferenças existem entre esse poema e "Mãos dadas", de Drummond? 




Referência: Português - Linguagens em Conexão (Editora Leya)
Imagem: Google
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...