Exercícios contextualizados sobre sujeito simples, desinencial e indeterminado (1ºano EM)

Imagem: Google
1. Leia o texto.

São Pedro e São Paulo 

São Pedro foi o primeiro papa. Dizem que é o porteiro do céu. Padroeiro dos pescadores, foi, ele mesmo, pescador. Quando troveja dizem que é a barriga do santo que ronca, ou então que São Pedro está arrastando os móveis no céu. 
São Paulo era romano e judeu. Um dia ele viu uma luz tão forte que ficou cego, caiu do cavalo e ouviu uma voz dizendo: "Por que me persegues?". Então converteu-se ao cristianismo e foi um grande santo. 

Ruth Rocha. Almanaque Ruth Rocha. São Paulo: Ática, 2005. p. 64. 

Classifique os sujeitos dos verbos em destaque no texto em: simples, desinencial, indeterminado ou inexistente. 

2. Escolha a forma verbal que esteja de acordo com a norma-padrão em cada um dos itens. 

a) Naquela tarde, a fila estava enorme, (havia / haviam) aposentados e crianças, que ficaram em pé durante toda a tarde. 
b) (Existem / existe) muitos livros de aventura com crianças como protagonistas. 
c) Desculpe, minha senhora, (houve / houveram) um engano terrível. 
d) (Houve / houveram) muitas reclamações sobre o atendimento aos clientes.

3. Leia o poema a seguir. 

Catando marinheiros 

Mamãe e eu 
Entramos no mar 
De grãos de arroz 
Sobre a mesa. 

Os marinheiros pedem ajuda 
Com medo de serem salvos 
Que bobões! 
Eu os retiro, um por um, 
E os ponho na gamela. 

Sérgio Capparelli. Em: Ana Elvira Luciano Gebara. A poesia na escola. São Paulo: Cortez, 2002. p. 158. 

a) Que situação está sendo retratada no poema? 
b) Leia uma definição da palavra marinheiro que aparece no dicionário. 

Marinheiro grão de cereal, esp. de arroz, que, por falha no processo de beneficiamento, conservou a casca ou a película. 

Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004. p. 1855. 

No poema, a palavra marinheiro apresenta mais de uma possibilidade de leitura. Explique a afirmação. 

4. Copie os versos do poema em que é possível identificar quem são as pessoas que estão apanhando os marinheiros. Classifique o sujeito dessa oração. 

5. Há um verso do poema em que o sujeito marinheiros é desinencial. Escreva-o. 


Gabarito

1. 
Foi - sujeito simples: São Pedro
dizem - sujeito indeterminado 
foi- sujeito desinencial (ele)
troveja - oração sem sujeito
dizem - sujeito indeterminado 
está arrastando - sujeito simples: São Pedro
era - sujeito simples: São Paulo
caiu - sujeito desinencial (ele) 
converteu-se - sujeito desinencial (São Paulo, ele)
foi - sujeito desinencial (São Paulo, ele).

2.
a) havia
b) existem
c) houve
d) houve

3.
a) O poema retrata uma cena cotidiana. A criança ajuda sua mãe  a escolher os grãos de arroz. 
b) Marinheiro é homem que navega no mar. No poema, os grãos de arroz parecem marinheiros que navegam pelo mar de arroz. 

4. "Mamãe e eu / Entramos no mar". Essa oração contém sujeito composto, pois há dois núcleos: mamãe, eu. 

5. "Com medo de serem salvos".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...